It takes two to tango

Quantas vezes a vida não parece mais estranha do que a ficção? Isso é porque toda a ficção se inspira directamente na vida! É porque somos todos medricas que costumamos optar pela ficção. Só que este blog vai optar pela vida... ou algo assim...

sábado, agosto 27, 2005

Bushismos



E pronto. Quando não há mais ninguém em quem bater, arranja-se uma vítima fácil e já está! Deixo-vos algumas citações do presidente George W. Bush, de quem dizem as más línguas que tem o QI mais baixo dos presidentes norte-americanos, se exceptuarmos o seu próprio pai...



2000


Uma das grandes coisas dos livros é que, por vezes, têm algumas imagens fantásticas. (3 de Janeiro)

Eu sei que homens e peixes podem coexistir em paz. (29 de Setembro)

Acho que deveríamos subir a idade em que os mais novos podem possuir uma arma. (18 de Outubro)


2001

Por cada tiroteio fatal, houve cerca de três tiroteios não-fatais. E, amigos, isso é inaceitável na América. Simplesmente inaceitável. Vamos fazer algo quanto a isso. (14 de Maio)

Uma ditadura seria muito mais fácil. Que não restem dúvidas quanto a isso. (27 de Julho)

As relações fronteiriças entre o Canadá e o México nunca estiveram melhores. (21 de Setembro)



2002


O problema dos franceses é que não têm um termo para entrepreneur.

A guerra contra o terror involve Saddam Hussein devido à natureza de Saddam Hussein, à história de Saddam Hussein e ao seu desejo de se aterrorizar a si mesmo. (29 de Janeiro)



2003

Antes de mais, deixem-me
clarificar que os pobres não são necessariamente assassinos. Só porque se é rico, isso não significa que se queira matar. (15 de Maio)

Também não sou muito analítico. Sabem, não gasto muito tempo a pensar em mim, porque é que faço as coisas. (4 de Junho)



2004

Sinto-me honrado por apertar a mão de um corajoso cidadão iraquiano a quem Saddam Hussein cortou a mão. ((25 de Maio)

Espero que saiam daqui e comentem: "O que é que ele disse?" (13 de Agosto)

A questão, se virmos bem, é que Saddam ainda estaria no poder se fosse o presidente dos Estados Unidos e o mundo estaria muito melhor. (8 de Outubro)


2005

Quem poderia ter previsto uma erecção - uma eleição, no Iraque nesta altura? (10 de Janeiro)

Essa ideia de que os Estados Unidos se preparam para atacar o Irão é simplesmente ridícula. Isso dito, todas as opções são válidas. (22 de Fevereiro)

Pretendemos sossegar a imprensa livre quanto ao facto de não lhes estarem a ser negadas informações que não deveriam ver. (13 de Abril)

Vou gastar muito tempo com a Segurança Social. Gosto disso. Gosto de falar nisso. Acho que deve ser a mãe em mim. (14 de Abril)

Penso que aos trabalhadores mais jovens - antes de mais, aos trabalhadores mais jovens, foram prometidos benefícios - promessas que foram prometidas, benefícios que não podemos conceder. É assim e pronto. (4 de Maio)

Planeámos o caminho de avanço para o Iraque, a importância de uma democracia no grande Médio Oriente, de forma a deixar para trás o amanhã pacífico. (10 de Maio)

Compreendam, na minha linha de trabalho, temos que repetir as coisas vezes sem conta para a verdade cair, para, tipo, catapultar a propaganda. (24 de Maio)


Espero que se tenham divertido. Ainda que seja de mau tom rir com coisas sérias... Façam o favor de considerar tudo isto uma tragicomédia em dois actos e não deixem de debater o assunto com os vossos parceiros logo à noite, antes de dormir e uma vez reguladas as necessárias obrigações maritais. Abraço do Master.

Citações de http://politicalhumor.about.com, mas o que não falta é citações do George W.
Imagens de http://newsimg.bbc.co.uk, http://news.bbc.co.uk, www.baptiststandard.com e www.rotten.com.