It takes two to tango

Quantas vezes a vida não parece mais estranha do que a ficção? Isso é porque toda a ficção se inspira directamente na vida! É porque somos todos medricas que costumamos optar pela ficção. Só que este blog vai optar pela vida... ou algo assim...

domingo, setembro 18, 2005

Deus: o que se disse

Normalmente, só ouvimos Madres Teresas e Papas Joões Paulos a falar de Deus. Ou então, declarações de gente verdadeiramente zangada com Ele. Bom, e onde fica o meio termo, o que dizem as pessoas com dois dedos de testa e que não cabe precisamente em nenhum lado da trincheira? O Master, sempre tendo em conta a vossa desejada evolução de conhecimentos, realizou uma recolha profunda de declarações que muita gente fez sobre ELE (e já ouço um conjunto de vozes críticas, interrogando-se porque não se fala antes em ELA... Digamos que se trata de uma questão de tradição). Ora aqui vão:



Os homens são melhores do que a sua teologia. (Ralph Waldo Emerson)

O deus dos canibais é um canibal, dos cruzados um cruzado, dos comerciantes um comerciante. (idem)

Poderemos nós considerar que a divindade, permanentemente vingativa, concebeu à sua imagem um manequim meramente para o enlouquecer? (Edgar Allan Poe)

Os deuses também se decompõem. Deus está morto. Deus permanece morto. E nós matámo-lo. (Friedrich Nietzsche)

Onde quer que a neurose religiosa tenha surgido até hoje na Terra, encontramo-la ligada a três perigosas receitas de dieta: solidão, jejum e abstinência sexual. (idem)







Quero conhecer os pensamentos de Deus... O resto são detalhes. (Albert Einstein)

Como é que posso acreditar em Deus se na semana passada fiquei com a língua entalada no rolo de uma máquina de escrever eléctrica? (Woody Allen)

Deus está em silêncio. Se ao menos conseguissemos que o homem se calasse... (idem)

A maioria dos homens mataria a verdade se a verdade matasse a sua religião. (Lemuel K. Washburn)







Deus começa por enlouquecer aqueles que pretende destruir. (Euripides)

Não sei se Deus existe, mas seria melhor para a sua reputação se assim não fosse... (Jules Renard)

O homem foi feito no final da semana, quando Deus já estava cansado. (Mark Twain)

Uma das provas da imortalidade da alma é que multidões acreditaram nela. E também acreditaram que a Terra era plana. (idem)

Afirmar que a Terra gira em volta do Sol é tão errado como assevcerar que Jesus não nasceu de uma virgem. (Cardeal Bellarmine no julgamento de Galileu)

Eu falo com Deus mas o céu está vazio. (Sylvia Plath)







Acho que Deus sobrevaliou um bocado as suas capacidades quando criou o homem. (Oscar Wilde)

As religiões baseiam-se no medo de muitos e na esperteza de alguns. (Stendhal)

Virá o dia em que a concepção mística de Jesus no ventre de uma virgem será classificado lado a lado com a fábula da criação de Minerva no cérebro de Júpiter. (Thomas Jefferson)

A religião é um insulto à dignidade humana. Com ou sem ela, haveria gente boa a fazer coisas boas e gente má a fazer coisas más. Mas é necessária a religião para levar os bons a fazer coisas más. (Steven Weinberg)

Cristo morreu pelos nossos pecados. Iremos nós retirar todo o sentido ao seu martírio não os cometendo? (Jules Feiffer)






E agora, duas jóias saídas da boca do falecido Aiatola Khomeini, líder político e espiritual do Irão:


Um homem pode ter sexo como animais como ovelhas, vacas, camelos e outros. Mas deve matar o animal logo após o orgasmo. Não deve vender a carne às pessoas da sua aldeia, mas pode vendê-la às da aldeia vizinha.

Um homem pode ter prazer sexual com crianças tão novas como bebés, desde que não haja penetração e sodomização. Se o homem penetrar e danificar a criança, tornar-se-á responsável pela sua subsistência para o resto da vida. No entanto, a rapariga não será contada entre as suas quatro esposas permanentes.



E a palavra final a Deus, himself:


E eu exercerei a minha vingança com raiva e fúria sobre os gentios, de forma nunca antes por eles vista. (Deus, Mica 5:15)


Foi apenas mais um pouco de "comida para o pensamento". Fiquem todos bem neste santo domingo... Ah, e por amor de Deus, não se esqueçam de que continua a decorrer uma sondagem no artigo Volta, Afonso de Leão............... e que o Master muito agradece a vossa distinta participação! :)


Citações de http://quotation.about.com, http://en.thinkexist.com, http://home.att.net, www.vexen.co.uk, www.saidwhat.co.uk e http://atheisme.free.fr.
Imagens de
www.christusrex.org, www.godhatesfags.com e www.rockycitynews.com.

2 Comments:

At 12:21 da manhã, Blogger Zézinha said...

O menino anda mesmo de mal com a vida, não admira que seja alvo de ataques no seu blog. Não só tentou convencer-me a apagar comentários que outras pessoas lhe fizeram no meu blog (e eu isso não posso admitir, porque no meu blog mando eu) como ainda por cima censura qualquer resposta que eu aqui lhe tenha dado e insiste em apagar os meus comentários. A censura é uma coisa muito feia, e própria de quem não dá uma fodinha há algum tempo. Mas não desespere: já lhe disse que pode contar aqui com a Zézinha, por caridade até a piça lhe chupo enquanto lhe meto um dedinho no cu, tudo por apenas cinco contos em moeda antiga. Sou a Madre Teresa de Calcutá das Putas. Ah, e achei muito querido da sua parte que se tenha dado ao trabalho de colocar comentários anónimos no meu blog. Gosto do seu tom de criança ofendida, e confesso que meti os dedos na cona e me vim duas vezes por sua causa. Só por isso merece que lhe dê o cu.

 
At 2:38 da manhã, Blogger Master Minder said...

Mais um testemunho do que é o blog dessa que aí se ass(ass)ina.

 

Enviar um comentário

<< Home