It takes two to tango

Quantas vezes a vida não parece mais estranha do que a ficção? Isso é porque toda a ficção se inspira directamente na vida! É porque somos todos medricas que costumamos optar pela ficção. Só que este blog vai optar pela vida... ou algo assim...

segunda-feira, junho 05, 2006

Sons portugueses novíssimos no MUSIK (e mais)

Estava a prever oferecer-vos, hoje, a fantástica versão incendiária do conhecido Summertime Blues, pelos Blue Cheer. E tinha ainda um vídeo dos Soundgarden que me apetecia mostrar-vos...
Só que deu-me para algo muito diferente: hoje é o Dia Oficial da Auto-Promoção.
Assim, o tema que desta vez podem escutar no MUSIK, Why, é um tema meu, executado pela minha banda, Bug in the System. Temos Jorge Simões (eu mesmo, conhecido em certos meios por Master Minder) nas guitarras e voz, Hernâni Carqueja no baixo e teclas, e Vítor Teodósio na bateria e percussão. Trata-se, para variar, de uma balada simples e bonita. Não tem propriamente uma produção profissional, mas estou certo que a apreciarão assim mesmo.
Aliás, estou a pensar em fazer um blog-site para os Bug, no qual poderão fazer download gratuito dos nossos temas. Quando isso acontecer, aviso...

Já agora e tendo em conta as características do dia, aproveito para vos convidar a visitar o meu Poesia para quem quiser em http://poemastextos.blogspot.com/ (também nos links, mesmo aí ao lado), onde encontrarão muitos e muitos dos meus poemas mais recentes, assim como uns quantos mais antigos. É que a língua também é musical...

Finalmente, quero, uma vez mais por ser Dia Oficial da Auto-Promoção, lembrar às nossa editorazinhas que tenho, além de uma obra poética mesmo muito grande, um romance pronto a publicação (não é light, pois não...) e ainda histórias infantis seriadas com boas ilustrações. Não se acanhem... Contactem-me já! ;)
E finalmente, finalmente mesmo, poderão ver-me hoje nos noticiários da SIC e da TVI (se não estou em erro), assim como escutar-me na Antena 1 e ler-me no JN, a propósito da política para a educação e mais alguma coisa. Alguém tem que falar das coisas que os sindicatos não falam e que ninguém fala fora da mesa de café. Teria preferido uma entrevista mais extensa... Além do mais, não faço ideia sobre como é que me vão redigir e cortar. Mas seja... Boa tarde a todos e até à próxima!

2 Comments:

At 2:42 da tarde, Anonymous Ana Moreira said...

Olá e muitos parabéns pelo teu blogue realmente diferente! Gostei muito da vossa música e interessa-me tudo isso que apresentas, homem dos sete instrumentos. Só que não tenho nem editoras nem blogues nem nadíssima. E pelo que conheço, acho que não te devias expôr assim porque quem tem fecha-se em copas, protege-se no seu mundinho e não te vai entender. Enfim... Bjnhos. :)

 
At 3:48 da tarde, Blogger Master Minder said...

Bem vinda e obrigado pelos elogios. Não tenho problema nenhum em me expôr; como não tenho uma máquina publicitária, publicito-me eu mesmo. :) O essencial é acreditarmos no que fazemos. Se a inteligentsia não me quiser, ora bem, paciência. Sempre foi assim e nem imagino quanto trabalho possivelmente meritório não terá ficado esquecido ao longo dos tempos, nem quanto trabalho não meritório foi tido por meritório e posteriormente esquecido em definitivo... É assim o mundo. Os criadores de facto bons que ultrapassaram a barreira do tempo são uma minoria de sorte. Em todo o caso, ainda bem que temos, hoje, os blogs... ;) Beijinho.

 

Enviar um comentário

<< Home