It takes two to tango

Quantas vezes a vida não parece mais estranha do que a ficção? Isso é porque toda a ficção se inspira directamente na vida! É porque somos todos medricas que costumamos optar pela ficção. Só que este blog vai optar pela vida... ou algo assim...

segunda-feira, março 26, 2007

Grandes Portugueses - já está.

E o António de Santa Comba ganhou com 41% dos votos... Admirados? Quem quiser que me desculpe, mas só os burros poderão ter ficado admirados.
O Rosado Fernandes explicou tudo de forma incisiva e o Fernando Dacosta completou-o admiravelmente e com sensibilidade. Se fossemos um país de gente sensata, este jogo serviria, pelo menos, para lançar o alerta aos nossos governantes (Assembleia e Poder Local incluídos, já agora), para que percebessem que há 32 anos, o que não é nada pouco, que têm vindo a fazer um trabalho horrendo. De quem lá está agora, sem pingo de sensibilidade para a realidade das coisas e das pessoas, nem se fala!
Ou será que alguém acha que as pessoas têm mesmo saudades de uma ditadurazinha à moda antiga? Só que viver na ditadura do capitalismo selvagem e das picuinhices abusivas do Estado, ainda que com direito a falar mal dos governantes, não faz diferença suficiente. Nós falamos, falamos, e eles engordam e sorriem.
Quem estava sorridente era o Paulo Portas. Pudera, com o descontentamento de 32 anos de PS e PSD, cada vez mais se aproxima a hora dele! Pode demorar mas, reconheçamo-lo, ele é muito mais inteligente que o Sócrates e o Mendes juntos e dotado de grande paciência e persistência... Aliás, quem nos garante que não faria melhor serviço do que o Centrão putrefacto?
Também gostei bastante da citação, que desconhecia, do Pessoa: "Tenho estado velho por causa do Estado Novo". Melhor que o anúncio da Coca-Cola.
E quero - embora fosse precisamente o Pessoa o meu candidato - congratular-me pelo facto de Aristides Mendes ter ocupado a terceira posição... É que os votos em Aristides são todos pela positiva - nada de protestos nem de fanatismos.
Por falar em fanatismos, a Odete Santos bate-os a todos. Que chata! E representou Cunhal pessimamente... É que o Cunhal sempre deu ares de ter tomado chá em pequenino. A Odete, foi alimentada a pescadinha de rabo na boca.
E é assim... Daqui a 50 anos há mais!

1 Comments:

At 12:14 da tarde, Blogger Rui Luís Lima said...

olá

se gostas de cinema vem visitar-nos em

www.paixoesedesejos.blogspot.com

todos os dias falamos de um filme diferente

paula e rui lima

 

Enviar um comentário

<< Home