It takes two to tango

Quantas vezes a vida não parece mais estranha do que a ficção? Isso é porque toda a ficção se inspira directamente na vida! É porque somos todos medricas que costumamos optar pela ficção. Só que este blog vai optar pela vida... ou algo assim...

segunda-feira, dezembro 19, 2005

Campos por Negreiros


Perguntaram-me por que motivo, na breve compilação Arre! Palavra de Álvaro de Campos, alguns posts atrás, optei por publicar várias fotos de Pessoa e népias de Álvaro de Campos. E a verdade é que existe este retrato de Campos, parte de um mural de Almada Negreiros que poderão observar na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa...

Bom, antes de mais, Álvaro de Campos nunca existiu, sendo que qualquer heterónimo que faça sentido constitui uma ficção do poeta real e não uma criação mágica e genial de "mentes brilhantes" (doentes).
Para além disso, este mural data de 1958, data em que, pelo menos tanto quanto se sabe, já há muito Álvaro de Campos e o seu criador se encontravam definitivamente encerrados intra-muros.

Aqui fica, no entanto, o retrato do celebrado engenheiro naval...

2 Comments:

At 9:21 da manhã, Anonymous Maria Alice said...

Campos por Almada...

 
At 3:22 da tarde, Anonymous js said...

...basta que pensemos em algo...para que esse algo passe a existir... se alguem pensa que o noso país é efectivamente democratico... é porque é!...nem que seja nessa unica mente...
FORÇ'AÍ!
js de http://politicatsf.blogs.sapo.pt e http://mprcoiso.blogs.sapo.pt (outro dos candidatos a Presidente que não conseguiu que a sua voz fosse devidamente ouvida)
Porque a Coisa tá preta ...VOTA NO COISO!

 

Enviar um comentário

<< Home