It takes two to tango

Quantas vezes a vida não parece mais estranha do que a ficção? Isso é porque toda a ficção se inspira directamente na vida! É porque somos todos medricas que costumamos optar pela ficção. Só que este blog vai optar pela vida... ou algo assim...

segunda-feira, fevereiro 06, 2006

Educação: tudo ao monte e fé em Deus!


A ministra Maria de Lurdes afirma agora que pretende ter os alunos a frequentar exactamente as mesmas escolas desde o jardim de infância ao 9º ano de escolaridade. Acha pedagógico!

Com franqueza, quantos de vocês sorriem ao pensar nos vossos filhos pequenos o dia inteiro enfiados (porque é para isso que caminhamos, mais ainda do que já estamos) numa fábrica de (todo o tipo de) conhecimentos com gandulos dos, digamos, 8º e 9º anos, em plena idade do armário?

Eu, que não sou lá muito católico, acho que estou prestes a converter-me em desespero de causa. Talvez algum milagre daqueles muito grandes nos livre desta cavalheira de uma vez por todas!


Imagem de www.correiodamanha.pt.

3 Comments:

At 6:00 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Talvez um desses milagres nos livre dos professores que não querem trabalhar. Em média, quantos dias por ano trabalha um professor?

 
At 10:53 da manhã, Blogger Master Minder said...

Bom, meu caro ou minha cara, uma coisa os professores não são: cobardes que se escondem atrás do anonimato, quiçá para esconder a sua própria incompetência, o seu péssimo trabalho e a sua mentalidade mesquinha e invejosa.
Não passa pela cabeça dos professores, digo eu, fazer guerra contra as restantes profissões. E, no entanto, são elas quem tem enfiado com o país pelo esgoto abaixo... Será que isso acontce por os professores não trabalharem ou pela incompetência e calaceirice arrogante de gente como tu? Gostaria de saber quem és para entender de que modo tens contribuído para o desenvolvimento de Portugal... Ou talvez sejas mais um daqueles putos crescidos que consideram que as responsabilidades estão sempre em mãos alheias...
Quantas horas trabalham os professores? Muitas mais do que é humanamente saudável, tendo em conta os riscos que a profissão acarreta. Convido-te para mudares de profissão... Torna-te professor. Mas não. A tua cobardia óbvia não o permitiria.
Cumprimentos.

 
At 9:22 da tarde, Blogger Master Minder said...

Uma mensagem "anonymous" foi apagada porque este blog não alimenta polémicas inúteis. A primeira mensagem diz tudo acerca do mensageiro.

 

Enviar um comentário

<< Home