It takes two to tango

Quantas vezes a vida não parece mais estranha do que a ficção? Isso é porque toda a ficção se inspira directamente na vida! É porque somos todos medricas que costumamos optar pela ficção. Só que este blog vai optar pela vida... ou algo assim...

sexta-feira, agosto 19, 2005

O que homens e mulheres querem para além do sexo (se é que não é tudo sexo)

Uma das coisas que mais confunde homens e mulheres é perceberem como diabo é que se vive nos respectivos planetas. Os homens não percebem pevas das mulheres e as mulheres não entendem népia dos homens. Ponto assente. Toda a gente sabe disso. Mais profundo ainda é o facto de ninguém se entender a si mesmo, o que não deixa de complicar tudo ainda mais. Mas há sempre uns espertos que fazem umas sondagens e pensam ter descoberto umas coisas. É por isso que, sempre dentro do espírito mais científico que a ciência jamais criou, decidi partilhar convosco os resultados de uma sondagem que encontrei em www.dance.com . Perguntas: O que é que as mulheres querem? O que é que as mulheres não querem? O que é que os homens querem? O que é que os homens não querem? Espero, quiçá, desta forma, contribuir um pouco para aliviar a guerra dos sexos que já se vem prolongando há muito mais de 100 anos, coisa sem paralelo no mundo ocidental, e não encontra pai nem mãe seja no Iraque, no Afeganistão, no Vietname ou onde mais agradar aos vossos espíritos belicosos...

1. O que querem as mulheres?

a) Alguém que as conduza bem na pista de dança. (chato e complicado de encontrar; talvez nalguma companhia de bailado... Mas aí costumam surgir outros handicaps).

b) Alguém com boa aparência. (O que seria perfeitamente lógico e factível se a noção de aparência não mudasse como os ventos do deserto).

c) Alguém autoconfiante e que estabeleça contacto visual directo. (Mas também já houve quem me perguntasse, quase assustada: "Porque é que estás a olhar para mim assim?").

d) Alguém com uma carreira estável e segurança financeira. (Que se desiluda quem afirma que "o dinheiro não traz a felicidade", geralmente os pobres).

e) Alguém com sentido de humor e inteligente. (Sou eu nos bons dias; mas parece que as mulheres tendem a imaginar que só elas podem ter dias piorzinhos).

f) Alguém cavalheiro e com boas maneiras. (Perfeito, mas sempre deixo a ressalva de que não convém exagerar; senão é preso por ter cão e preso por não o ter).

g) Alguém em boa forma física e com o peso sob controlo. (Natural. Tem a ver com a procriação... Não é humor, é mesmo assim).

h) Bom ouvinte. (Sou todo ouvidos desde que não me comecem a contar todos os detalhes dos detalhes dos detalhes dos detalhes...)

i) Bom na cama. (O top subjectivo. Mas eu bem disse que, feitas as contas, tudo é sexo).

j) Bom aspecto. (Bem, ninguém quer namorar com o gajo desdentado que anda a arrumar carros na rua mais próxima, parece-me justo).

2. O que não querem as mulheres?

a) Homens que não conseguem liderar e culpam a mulher disso. (Claro, são uns chatos; por outro lado, as mulheres não se importam nada de liderar um bocado elas próprias... Equilíbrio!).

b) Homens com mau hálito e mau odor corporal. (Inválido apenas para mulheres com fetiches especiais).

c) Homens que usem perfumes baratos. (É tabu usar taboo; e mesmo o patchouli já está um bocado passado. Mas já ouvi mulheres comentar que gostam mesmo é de "cheiro de homem" - vá-se lá saber...).

d) Homens ultra-convencidos. (Até a mim me irritam e não sou mulher).

e) Lerdos na pista de dança. (Vá, há que se mexer um bocado e fazer de conta que até nos sabemos mexer - elas adoram! E já ouvi a opinião (já ouvi tantas opiniões...) de que "um homem com quem eu dance bem também tem que ser bom na cama).

f) Homens que usem roupas completamente démodés. (Nós, que até gostamos de andar na moda, não nos importamos nada que sejam elas a ofrecer-nos umas quantas peças de vestuário... E toda a gente fica satisfeita!).

g) Homens com perucas baratas. Ou gastem dinheiro numa melhorzinha ou andem ao natural. (Soe dizer-se que é dos carecas que elas gostam mais).

h) Fumadores e bebedores habituais. (Já por isso, prefiro fumadoras e bebedoras habituais; menos chatas - mas gostos não se discutem).

i) Perdedores, tipos que nunca se mantêm num emprego. Podem até dançar como o Travolta mas não têm trabalho, casa nem dinheiro. (Isto é um eufemismo. O que elas querem mesmo, mesmo, mesmo, é gajos ricos).

j) Burriquitos. (Claro. Só para quem apreciar a zoofilia).

Esta sondagem foi realizada entre 500 mulheres do sexo feminino, solteiras e casadas e entre os 25 e os 45 anos de idade (se bem que a uma sinhora nunca se pergunte a idade).
Curiosidades: A maioria das sondadas gosta de ser cumprimentada pelo seu aspecto extra-hollywoodiano, capacidade incompreensivelmente perfeita de dançar, inteligência superior à de todas as outras e dotes culinários - quando sabem cozinhar, naturalmente! Detestam elogios falsos... Parece que têm um sexto sentido qualquer que os detecta a milhas! Help!

Como brinde final, deixo-vos o retrato do homem ideal:



Parece felizito... Deixemo-lo, então, com o seu botão e os seus botões de punho e passemos à parte não menos importante de se saber o que os homens pretendem das mulheres...


1. O que querem os homens?

a) Uma mulher atraente e com boa aparência. (Parece que estamos todos de acordo; excepto na subjectividade permanente da coisa).

b) Com boa personalidade, amigável e aberta à realização de novas actividades. (As novas actividades poderão, por vezes, realizar-se entre quatro paredes - ou ao ar livre, para os mais amigos da natureza).

c) Satisfeita com a sua carreira ou trabalho. (Desde que não coloque o diacho do trabalho à frente do sexo - connosco).

d) Saudável. Nem demasiadamente gorda nem magra. (Para maiores e melhores explicações, contactar o Departamento dos Genes Ancestrais. De qualquer forma, a enfermagem é uma carreira e deve ser remunerada...).

e) Inteligente. (Esta baralhou-vos? Só os burriquitos é que não querem mulheres inteligentes! E como apenas uma pequena percentagem de fetichistas se interessam pelos burriquitos...).

f) Que goste de dançar mas também de fazer outras coisas. (Só dançar torna-se monótono e, ainda por cima, em exagero cansa-nos demasiadamente para actividades tão importantes como... hmmm... o sexo).

g) Que seja afectiva e atenta. (Ninguém gosta de um icebergue. Até os passageiros do Titanic se deram mal com um).

h) Calma. (Sim, sim, sim... Calma. Muitas mulheres tendem a ferver em temperaturas abaixo de zero, como se só assim se pudesem fazer entender).

i) Que goste de desporto ou não se importe que gostemos de desporto. (Nem que seja bilhar, o que, aliás, está muito bem. Esta é igualmente ideal para os gajos que gostam de chegar a casa, calçar as pantufas e monopolizar a TV com um fantástico desafio entre o Alguidares de Cima e o Alguidares de Baixo).

j) Com um bom sentido de humor. (Na verdade, que se ria das piadas que dizemos).

2. O que não querem os homens?

a) Mau hálito e odor corporal. (Parece que nesta todos nos entendemos. O custo de uma pasta de dentes, um gel de duche e um desodorizante em spray não leva ninguém à ruína).

b) Fria e pouco afectiva. (Para isso já nos chegam, frequentemente, as sogras).

c) Demasiadamente gorda ou magra, descuidada. (A mulher deve dedicar uma parte das suas finanças à sua aparência. Mas elas até gostam, pelo que não será fonte de grandes choques - salvo quando começam a implicar com o parceiro porque não usa roupa de marca e sapatilhas com luzinhas).

d) Desempregada. (Longe vão os tempos em que o homem sustentava a sua dondoca. Com o fim das benesses masculinas, ou há igualdade ou comem todos).

e) Com maquilhagem a mais. (Pouco artístico e...hmmm... sujo. A não ser que se trate de uma actriz de teatro tradicional japonês).

f) Que fale alto demais e use demasiados palavrões. (Se quisermos disso, vamos dar uma volta com os amigos).

g) Hipocondríaca. (Esta não deixa de ter graça, uma vez que são as mulheres quem, grosso modo, consideram os homens hipocondríacos. Claro, a dor dos outros nunca dói, mesmo, mesmo a sério...).

h) Crítica quanto à forma como o homem conduz a dança. (Claro! Obrigam-nos a dançar e ainda se põem com coisas? É preciso uma certa lata!).

i) Aéreas e sem conversa. (Às vezes, mais vale estarem caladinhas. Mas não exageremos. Os homens gostam tanto de dar à língua como as mulheres, desde que tal não implique detalhes, detalhes, detalhes e detalhes... Quanto à parte do aéreas, se forem hospedeiras de bordo não vejo o grande problema...).

j) Implicantes. (Em geral, aprenderam a ser terrivelmente implicantes com as mães. Mas nós queremo-las a elas - não às mães!).

Esta sondagem foi realizada entre 500 homens muita machos, solteiros e casados e entre os 25 e os 45 anos de idade (a um homem pode sempre perguntar-se a idade; aliás, toda a gente sabe que nós, os homens com H maiúsculo, melhoramos com a idade bem mais do que certos vinhos).
Curiosidades: 90% dos sondados afirmaram gostar de receber cumprimentos quanto à sua excelência na dança, inteligência suprasumática e aspecto claramente superior.
A maioria dos sondados detesta mulheres que comecem a flirtar e, sem mais nem menos e só porque lhes dá na telha, passem seguidamente a ignorá-los.
60% dos interrogados não apreciam wondebras e quejandos. Tamanho pouco importa. Os homens a sério gostam mesmo é do material verdadeiro.

E como não poderia faltar mais um brinde final, eis o retrato fiel da mulher ideal:


E perontos! Espero, caros amiguinhos e amiguinhas, que de tudo isto tenham retirado valiosas lições quiçá capazes de iluminar vossos caminhos futuros e conduzir a uma melhor compreensão entre sexos para um mundo melhor para todos e para cada um. Sei, aliás, de casos em que cães e gatos convivem pacífica e santamente num mesmo lar intensamente banhado da felicidade do Espírito Santo. Um grande bem hajais do vosso Master Minder!

Imagens retiradas de http://cartoonsbyray.com e de http://zotya.geco.hu/lol/perfect_woman.jpg

5 Comments:

At 7:55 da tarde, Anonymous Mulher desesperada e no anonimato said...

Este artigo é deveras interessante. O que as mulheres querem? Num homem... Nos tempos que correm contento-me com um ou dois requisitos preenchidos do rol de requisitos que um homem deve ter. Sim. Sim. Contento-me. Ao que isto chegou! Pode ser homem só! Basta. Com duas pernas (...) e braços.
Ah! E pronto... E que não seja gay... E já agora... se não for pedir muito... Que seja um bocadito bonito (aos meus olhos claro). E que depois ao falar, não estrague o quadro não é verdade? (um bocadito de cumplicidade e inteligência apimentam a coisa...). E se for bom dançarino também é bom (aquela teoria do sexo também a sigo...) E se for seguro de si, companheiro, com sentido de humor, bom vivant, também ajuda muito... E que não tenha todos aqueles requisitos negativos. Não senhor! Se bem que eu até gosto de ver um homem a fumar... Têm charme (alguns, alguns), mas faz mal para a saúde dos moços. Ai que eu já estou a divagar! Não!
Master, tudo isto para te dizer, e podes juntar ao rol das sondagens femininas que efectuaste, que algumas mulheres querem (incluindo eu) apenas... Um Homem...
Nota: estou dentro da faixa etária prevista para a sondagem... Mas não queiras precisar melhor a idade...

 
At 9:03 da tarde, Anonymous Atenta said...

Olá!!!
De facto gostei mais de te "ver" hoje.
Já estava a ficar preocupada contigo, triste até :-(
Quanto ao que gosto num homem...além de quase tudo o que foi escrito,que seja Adulto, isto inclui maturidade, segurança, etc.
Jokas

 
At 2:07 da manhã, Blogger Master Minder said...

À mdena: fico contente de ver que apesar de quereres apenas... um homem, no fim de contas sabes o que queres e não é apenas um homem, mas sim um homem que correesponda aos requisitos que te tragam alguma felicidade. "Porque me hei-de contentar com o bom quando o que quero é o muito bom?" - atenta nesta frase, que eu ouço sempre o que ouço com toda a atenção possível em cada momento. Esta frase tem tudo de verdade. É apenas uma questão de grau. Num momento sabemos exactamente o que queremos (embora o difícil seja consegui-lo), no seguinte estamos a delirar. Bom, não me parece que estejas nada a delirar. Parace-me estares no bom caminho e podes contar com a benção do teu Master.

À atenta: pois bem, gosto de pessoas atentas. Obrigado por me leres e não temas pois faz parte da alma humana a travessia de estados de espírito diversos e contraditórios. Sou suicida e também amante da vida. Que fazer? Talvez escrever um blog e ir-me divertindo tanto quanto a vida o permita.

Beijinhos para ambas do vosso reconhecido Master.

 
At 2:24 da tarde, Blogger Daniela Mann said...

Gostei mesmo muito deste artigo. A photo é demais!!!!

www.amar-ela.blogspot.com

 
At 3:16 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Kra...
vc eh um otário!

 

Enviar um comentário

<< Home